Sense Desktop x Power BI Desktop – Carga de Arquivos Flat

Fiz uma comparação entre dois competidores no mundo de Self-Service BI: o nosso querido Qlik Sense (na versão Desktop) e o Microsoft Power BI (também na versão Desktop).

Nota: Não sou especialista em Power BI, em ambos produtos usei as configurações “vanilla” dos produtos. Se você estiver lendo esse artigo e tiver alguma sugestão para melhorar o estudo, por favor entre em contato, vamos trabalhar juntos 🙂

Continue lendo “Sense Desktop x Power BI Desktop – Carga de Arquivos Flat”

Hover

Essa extension troca as cores de um objeto texto quando o mouse passe por cima (“hover”)

Hover.qar

Novo Site de documentação da Qlik

As vezes me perguntam “Onde posso encontrar material bom de Qlik”?

A primeira resposta que vem à minha mente é sempre essa: “Já olhou no help do produto?”

Ainda mais agora que a Qlik liberou o novo site de documentação:  http://help.qlik.com

Parabéns Qlik!

DISTINCT

Olá, pessoal!
O uso de um DISTINCT em um script de carga pode levar a alguns resultados “estranhos” se você não estiver familiarizado com a maneira que o Qlik processa as informações.
Suponha o script abaixo, quantas linhas ao final devem existir na tableA?

TableA:
 load * Inline [
 F1, F2
 1,1
 1,2
 1,1
 1,2
 ];

load distinct * Inline [
 F1, F2
 1,1
 1,2
 1,1
 1,2
 ];

Opções:
a) 6
b) 8
c) 2
Você se surpreenderia se a resposta correta for c – 2 ? Duvida? Teste ai no seu Qlikview ou Sense.
Mas como assim? E aqueles 4 registros da primeira tabela, para onde foram?

Um qualificador DISTINCT em um load não se aplica apenas a aquela operação, mas a tabela como um todo. Se você fizer várias operações com uma tabela e em apenas uma dela houver um DISTINCT toda a tabela final será composta apenas com os as linhas distintas.
Uma vez ‘tocada’ por um DISTINCT a tabela sempre será todos os seus valores repetidos eliminados não importa se você fizer um JOIN, CONCATENATE ou outro comando.
Ela fica ‘contaminada’, hehe

That´s all folks

 

Link para a comunidade https://community.qlik.com/groups/qlikview-brasil/blog/2017/11/20/distinct